País

Ramalho Eanes representa Portugal na cerimónia dos 80 anos do início da II Guerra Mundial

João Relvas

Cerimónia vai realizar-se em Varsóvia, Polónia.

O antigo Presidente da República Ramalho Eanes representa Marcelo Rebelo de Sousa na cerimónia evocativa do 80.º aniversário do início da II Guerra Mundial, que reúne mais de 40 delegações em Varsóvia, Polónia.

A representação portuguesa por parte de Ramalho Eanes foi anunciada pelo gabinete do antigo chefe de Estado português, que aceitou assim um pedido do Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, para participar na cerimónia que decorre na praça Pilsudski, frente ao Monumento ao Soldado Desconhecido.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, era um dos poucos líderes mundiais a discursar na cerimónia, mas cancelou a deslocação à Polónia devido ao furacão Dorian, que deverá atingir no fim de semana a Florida, sendo representado pelo seu vice-presidente, Mike Pence.

Na cerimónia que assinala o 80º aniversário do início da II Guerra Mundial, que se iniciou em 1 de setembro de 1939, com um ataque da Alemanha nazi contra a Polónia, haverá intervenções dos chefes de Estado polaco e alemão.

O Presidente da Rússia, um dos Aliados, contra o Eixo, não foi convidado.

Lusa