País

Manuel Pinho vai ser acusado de seis crimes

ANTÓNIO COTRIM

Ministério Público diz que ex-ministro conseguiu um "enriquecimento ilegítimo".

O Ministério Público prepara-se para acusar Manuel Pinho de corrupção e branqueamento.

O jornal Expresso adianta que os procuradores já confrontaram o ex-ministro da Economia com os factos, incluindo os que apontam a Manuel Pinto o recebimento de vantagens no valor de 4,5 milhões de euros.

O semanário consultou os autos do processo, que corre no DCIAP e não está em segredo de Justiça, e refere que são seis os crimes: um de prevaricação, dois de corrupção passiva por ato ilícito, dois de participação económica em negócio e um de crime de branqueamento.

Para os procuradores, Manuel Pinho conseguiu um "enriquecimento ilegítimo" e tem responsabilidade por prejuízos aos consumidores de eletricidade, devido aos alegados benefícios que permitiu à EDP.

Manuel Pinho esteve na terça-feira no DCIAP para ser interrogado, mas acabou por sair a dizer que não lhe fizeram perguntas.

  • Sporting perde no arranque da caminhada europeia

    Liga Europa 2019/2020

    "Leões" perderam por 3-2 com o PSV, na Holanda.