País

Ministério Público investiga contratos dos meios aéreos de combate a incêndios

Em causa estarão ajustes diretos de quase 12 milhões de euros.

O Ministério Público está a investigar os contratos dos meios aéreos de combate a incêndios assinados, no ano passado, pela Proteção Civil.

O Jornal de Notícias diz que os documentos foram apreendidos nas buscas realizadas na sede da Autoridade Nacional, liderada por Mourato Nunes, um dos arguidos do processo.

Em causa estarão ajustes diretos de quase 12 milhões de euros, negociados pelo gabinete do ex-secretário de Estado da Proteção Civil.

O ex-secrestária de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, é também arguido por suspeitas de fraude na obtenção de subsídio, participação económica em negócio e corrupção.