País

Autarca de Barcelos e empresária Manuela Couto livres da pulseira eletrónica

Miguel Costa Gomes, autarca de Barcelos

Estavam ambos em prisão domiciliária.

O presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e Manuela Couto, empresária e mulher de Joaquim Couto, ex-autarca de Santo Tirso, deixaram esta quarta-feira à tarde de estar em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

A decisão é do Tribunal da Relação do Porto e já foi confirmada à SIC pelos advogados dos arguidos.

O autarca de Barcelos e a empresária estavam em prisão domiciliária desde o início de junho, depois de terem sido detidos no âmbito da operação Teia. Neste processo, estão em causa suspeitas de corrupção, tráfico de influências e participação económica em negócio.

Joaquim Couto, ex-presidente da Câmara de Santo Tirso, e o médico Laranja Pontes, antigo presidente do IPO do Porto, também são arguidos neste caso.