País

Estudante portuguesa de Erasmus morre na República Checa

(Arquivo)

Petr David Josek

Jovem foi vítima de acidente.

Uma estudante portuguesa morreu hoje em Praga, capital da República Checa, onde estava no âmbito do programa estudantil Erasmus, anunciou hoje a instituição de ensino que frequentava, a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL).

Numa nota publicada no seu portal, a FLUL anunciou a morte da estudante da licenciatura em Estudos Gerais, vítima de acidente.

Na nota, o diretor da FLUL, Miguel Tamen, manifestou, "em nome de toda a comunidade académica, o mais profundo pesar" pela morte da aluna e que a FLUL está "a prestar todas as diligências necessárias de apoio à família" da estudante.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, lamentou também a morte da estudante, natural de Alcobaça, distrito de Leiria.

Uma nota enviada à agência Lusa pelo gabinete deste Ministério indica que a estudante estava, desde 20 de setembro, a frequentar a Faculdade de Artes da Charles University.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior expressou igualmente "as condolências à família da estudante".

À Lusa, fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas confirmou a morte da estudante, garantindo que a embaixada já falou com a família da portuguesa, a quem apresentou as suas condolências.

"A embaixada acompanhará o processo de transladação do corpo, disponibilizará os documentos necessários e prestará apoio à família nesta hora difícil, nomeadamente no contacto com as entidades checas", referiu a mesma fonte.

Com Lusa