País

Gruta de onde foram resgatados portugueses é a mais profunda da Europa

Gruta de onde foram resgatados portugueses é a mais profunda da Europa

É também a gruta onde foram feitos mais resgates. 

Cueva Coventosa é considerada o Monte Branco dos espeleólogos e que deve ser visitado pelo menos uma vez na vida.

Fica na Cantábria, perto de Santander, no norte de Espanha e tem quase 700 metros de desnível entre as duas entradas. Os portugueses que lá ficaram presos utilizaram a entrada de Sima de Cueto.

O primeiro poço tem uma profundidade equivalente à altura da Torre Eiffel. Até à primeira galeria horizontal são depois mais 200 metros.

A gruta estende-se por mais de seis quilómetros na horizontal e quem a queira atravessar tem de realizar vários troços a nado.

Os portugueses ficaram presos no Lago Tirolina.

Este não é caso inédito no local. Já outros espeleólogos, antes deles, precisaram de ser resgatados.