País

Derrocada no Funchal faz um morto

Autoridades encontraram trabalhador soterrado sem vida.

As autoridades encontraram sem vida um trabalhador que ficou soterrado, depois da derrocada, esta quarta-feira, numa pedreira na zona da Fundoa, no Funchal, Madeira.

Por volta das 14:15, as autoridades receberam o alerta que um funcionário da pedreira poderia estar soterrado. O homem era um manobrador experiente e estava no local a fazer escavações.

A repórter Marta Caires esteve no local, onde falou com os familiares.

A pedreira situa-se numa encosta sobranceira à Estrada da Fundoa, nos arredores da capital madeirense.

Vários elementos dos Bombeiros Sapadores do Funchal e dos Bombeiros Voluntários Madeirense estavam pelas 15:50 a remover as pedras que atingiram a máquina.

O trabalhador tinha 41 anos, era casado e pai de dois filhos, e natural do Jardim da Serra, freguesia do concelho de Câmara de Lobos, a oeste do Funchal.