País

Detido suspeito de violência doméstica no Marco de Canaveses com armas e munições em casa

(Arquivo)

Homem de 20 anos foi detido e, nas buscas domiciliárias, foi apreendido arsenal que o suspeito tinha em casa.

A GNR deteve um homem de 20 anos, em Marco de Canaveses, pelo crime da violência doméstica, ao qual apreendeu armas e munições que tinha em casa, noticiou hoje a autoridade.

Segundo um comunicado da GNR, o suspeito "exercia violência física e psicológica contra a sua ex-namorada, uma mulher de 19 anos, com a qual manteve uma relação de quase dois anos".

No âmbito da investigação do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de Penafiel, "apurou-se que o suspeito teria em sua casa armas de fogo", procedendo-se a uma busca domiciliária, da qual resultou na detenção do agressor.

Os militares apreenderam uma carabina, duas armas de ar comprimido, um canivete de abertura automática, uma lanterna com dispositivo de choque elétrico dissimulado, diversas munições e equipamentos informáticos, entre outros objetos.

A GNR refere ainda que "as agressões se agravaram com o fim da relação, decorrido em agosto", o que terá despoletado "ameaças de morte dirigidas" à ex-namorada.

"No decorrer destes episódios de violência, o suspeito tentou sempre coagir a vítima a reatar a relação, tendo-a agredido na via pública, diante de terceiros, assim como ameaçou publicar nas redes sociais fotografias e vídeos da vítima, de cariz sexual, que dizia ter em sua posse", acrescenta a força policial.

O arguido foi presente em tribunal e ficou proibido de contactos com a vítima.

Com Lusa