País

Mãe que ficou sem a guarda das duas filhas avança com queixa contra o Estado

Mãe que ficou sem a guarda das duas filhas avança com queixa contra o Estado

Duas assistentes sociais foram acusadas de falsificar um depoimento para retirar a uma mãe a guarda das filhas.

A mulher, que esteve quase um mês em greve de fome depois de lhe terem sido retiradas as duas filhas há quatro anos, vai avançar com uma queixa no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem contra o Estado português. Vai pedir também uma indemnização à Segurança Social e às duas técnicas acusadas de mentir nos relatórios que assinaram.

  • “Entregues à Sorte” – Quarto episódio
    27:01