País

Maternidade de Castelo Branco em risco de fechar

Alex Lee

Alerta do sindicato dos médicos da zona Centro.

Segundo o Sindicato há profissionais a trabalhar 72 horas consecutivas nas urgências de obstetrícia.

A última contratação de médicos foi em 2014, apelam por isso a uma contratação urgente de profissionais para o interior do país.

O sindicato diz ainda que já contactou o ministério da saúde e a administração regional de saúde do centro, mas que até agora não obtiveram respostas.

  • "Ele deu-me um soco! É uma vergonha": treinador do Belenenses SAD admite que foi agredido
    0:36