País

Violência doméstica matou 35 pessoas em Portugal este ano

27 mulheres, sete homens e uma criança morreram em 2019 devido a agressões de companheiros, ex-companheiros ou familiares.

Trinta e cinco pessoas morreram em Portugal durante o ano por causa da violência doméstica. São sobretudo mulheres, mas há também sete homens entre as vítimas mortais e uma criança de 2 anos.

2019 foi ainda marcado por várias polémicas que envolvem os juízes e os tribunais portugueses.

Um dos casos foi protagonizado pelo juiz Neto de Moura, que desvalorizou uma agressão porque a mulher tinha cometido adultério e retirou a pulseira eletrónica a um agressor num caso de violência doméstica.