País

Ministra garante que não houve qualquer ilegalidade na venda de imóveis da Segurança Social

Ministra garante que não houve qualquer ilegalidade na venda de imóveis da Segurança Social

Em causa está uma auditoria do Tribunal de Contas que conclui que o Estado perdeu milhões de euros com vendas por ajuste direto e preços abaixo do mercado, durante o mandato do ex-ministro Vieira da Silva. 

Sobre a auditoria do Tribunal de Contas, a ministra do Trabalho e Segurança Social sublinha que não houve qualquer ilegalidade.

Ana Mendes Godinho diz ainda que foi cumprido o objetivo de rentabilizar património que deixou de ter uso.