País

Novo diretor da PSP defende agente da Amadora

Mário Cabrita

Mário Cabrita

Repórter de Imagem

Pedro Santos

Pedro Santos

Editor de Imagem

O novo diretor nacional da PSP tomou hoje posse, pediu mais meios e já falou de um dos casos mais polémicos dos últimos meses.

O superintendente chefe Magina da Silva diz que não vê excesso de força nas imagens da detenção de uma mulher na Amadora mas que a ação do polícia, para lá do que foi filmado, será avaliado no âmbito dos inquéritos crime e disciplinar.