País

Houve falhas na mobilização dos meios aéreos no incêndio em Mação

Houve falhas na mobilização dos meios aéreos no incêndio em Mação

A conclusão vem no relatório da entidade independente que avaliou o combate aos incêndios.

Houve falhas na mobilização de meios aéreos para o maior incêndio do ano passado, em Mação, concluiu o Observatório Técnico Independente.

O incêndio em Vila de Rei e Mação consumiu em julho de 2019 quase 9300 hectares. Foi o maior do ano, com 22% da área ardida em 2019.

Feita a avaliação das operações de socorro e combate às chamas, o Observatório Técnico Independente conclui que "apesar de alguma capacidade de mobilização na fase inicial do incêndio, esta terá sido eventualmente comprometida pela falta de um segundo meio aéreo" quando este era "determinante".

  • DGS admite cordão sanitário no Porto. EUA ultrapassam as 3 mil mortes

    Coronavírus

    A Direção-Geral da Saúde defende que poderá ser necessária a imposição de um cordão sanitário no Porto. A Câmara Municipal está contra a medida e o autarca Rui Moreira diz mesmo que deixa de reconhecer autoridade à diretora-geral da Saúde, caso o cordão avance. Nos Estados Unidos, o número de mortes ultrapassou a barreira dos 3 mil. Há ainda mais de 163 mil infetados. Portugal regista 140 mortes e 6.408 casos de Covid-19. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias