País

GNR inicia segunda-feira campanha anti-violência

Operação pretende alertar para a controlo de comportamentos violentos.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) inicia na segunda-feira a Operação "A violência não é uma opção" que visa alertar a população para a necessidade de evitar comportamentos violentos, anunciou esta sexta-feira a guarda.

Em comunicado, a GNR adianta que entre segunda e sexta-feira vai realizar ações de sensibilização em todo o país em residências, espaços públicos e privados e, principalmente, junto da comunidade escolar.

Durante as sessões, a GNR vai abordar a violência entre pares, doméstica, no desporto, no namoro e contra idosos.

A GNR destaca que a "violência pode ser infligida de várias formas, desde a agressão física, psicológica, emocional e sexual, podendo mesmo considerar-se a negligência e o abandono como atos violentos de omissão de auxílio".

De acordo com a GNR, as agressões físicas, os atos de vandalismo, o uso de armas, os furtos e os roubos encabeçam a lista de comportamentos que revelam maior preocupação.