País

Manifestantes desfilam na abertura do XIV Congresso da CGTP

MÁRIO CRUZ

Mais de mil trabalhadores, ativistas, delegados e dirigentes sindicais estiveram esta manhã no Seixal.

Mais de mil trabalhadores, ativistas, delegados e dirigentes sindicais desfilaram esta manhã nas ruas da Arrentela, Seixal, numa ação que precede a abertura do XIV Congresso da CGTP.

Os manifestantes, que desfilaram pelas ruas a gritar palavras de ordem como "90 euros de aumento do salário é urgente e necessário", chegaram ao pavilhão municipal da Torre da Marinha, no Seixal, onde decorre o congresso da intersindical a gritar "CGTP unidade sindical".

Esta foi uma forma de assinalar o início do congresso da CGTP, para o qual foram convidados a assistir trabalhadores a ativistas de todo o paíse setores de atividade, apenas como observadores, dado que não são delegados ao congresso.

A abertura dos trabalhos do XIV Congresso da CGTP, sob o lema "Lutar -- Avançar nos direitos; Valorizar os trabalhadores; Por um Portugal com futuro", está prevista para as 10:30 de hoje.

No XIV Congresso, cerca de 730 delegados definirão as linhas gerais de orientação para o quadriénio 2020-2024, com uma estratégia sindical expressa no Programa de Ação.

  • DGS teve parecer positivo para uso generalizado de máscaras

    Coronavírus

    Em Portugal a Covid-19 já fez 295 mortes e 11.278 infetados. Chegou este domingo a Lisboa um avião da TAP fretado com material médico oferecido pela China no valor de 4,5 milhões de euros. 53 portugueses foram repatriados da Indonésia e da Índia. Boris Johnson foi este domingo internado no hospital para exames, 10 dias após testar positivo para coronavírus.

    SIC Notícias