País

Homem morre depois de esperar quatro horas sem ser atendido nas urgências de Beja

SIC

O doente, que não chegou a ser atendido, sofria de diabetes e hepatite C.

Um homem de 60 anos morreu no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, após uma espera de quatro horas nos serviços de urgência. Segundo o que a SIC apurou, o paciente, que sofria de diabetes e hepatite C, não chegou sequer a ser atendido.

O caso, agora divulgado, aconteceu a 31 de janeiro, quando o doente se sentiu mal e recorreu aos serviços de urgência do Hospital de Beja, onde lhe foi atribuída pulseira amarela.

A família avançou com uma queixa junto da administração do Hospital José Joaquim Fernandes, mas até agora não obtiveram resposta.

Os familiares garantem que informaram os enfermeiros de serviço sobre o estado clínico da vítima e que, mesmo assim, lhes foi dito para aguardarem.