País

Isabel Camarinha agradece aos trabalhadores portugueses no primeiro discurso que faz no 1º de Maio

A CGTP manteve as comemorações do 1º de Maio nas ruas.

O Dia do Trabalhador é hoje comemorado de forma diferente devido à pandemia com as iniciativas de rua da CGTP, em 24 cidades e com poucos participantes.

No primeiro discurso no 1º de Maio como secretária geral CGTP, Isabel Camarinha começou por agradecer a todos os trabalhadores que estão na linha da frente no combate à pandemia e a todos aqueles que têm garantido os bens essencias à sociedade.

A CGTP entendeu que a atual situação laboral exigia ações de denúncia e encontrou soluções para comemorar o 1.º de Maio na rua, em menos localidades e com pouca gente, de modo a respeitar o distanciamento.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19

ESPECIAL CORONAVÍRUS