País

Acionado primeiro nível de alerta devido à queda das reservas de sangue

Reservas disponíveis darão no máximo para sete dias.

As dádivas de sangue continuam a diminuir, tendo as reservas nacionais caído 40%. De acordo com o Jornal de Notícias, o sangue disponível nesta altura dá para cinco a sete dias.

Foi acionado o primeiro nível de alerta, o amarelo, e ao abrigo do Plano de Contingência para a Reserva Estratégica Nacional de Sangue, milhares de dadores estão a receber SMS com apelos para a dádiva.

O Instituto português do sangue e da transplantação lembra que as necessidades vão crescer nas próximas semanas.