País

Confrontos entre GNR e populares durante protesto na Figueira da Foz

Momentos de tensão entre os elementos da GNR e os habitantes.

Dezenas de populares da Leirosa, na Figueira da Foz, organizaram um protesto durante este sábado contra a falta de segurança que se vive na zona. Alegam que há uma família, que vive num dos bairros da zona, que tem sido um pesadelo para muitos destes habitantes. Falam de roubos nos quintais, atos de vandalismos nas viaturas, ameaças a menores a e adultos, quer verbais quer com recurso a armas brancas.

Os habitantes concentraram-se no acesso à praia da Leirosa, onde colocaram troncos para impedir a circulação de carros. Uma unidade de intervenção da GNR foi chamada ao local, para desmobilizar os cidadãos. Os ânimos entre os militares e os populares exaltaram-se e viveram-se momentos de muita tensão.

A GNR pediu para que fossem cumpridas as regras e lembrou que o país ainda está em estado de emergência, estando os populares a incorrer num crime de desobediência. Os habitantes desmobilizaram, depois de a GNR ter prometido aumentar o patrulhamento e a segurança na zona.