País

Ministério Público pede julgamento para o ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes

Começou esta segunda-feira o debate instrutório do processo de Tancos.

Com luvas, máscaras e viseiras colocadas pelos advogados e arguidos e também pela procuradora e pelo juíz arrancou esta segunda-feira a fase de instrução do processo de Tancos.

Nas primeiras alegações do debate instrutório a procuradora diz que não pode em momento algum ser aceite um acordo de impunidade como o que terá havido com os alegados autores de furto. Que no dia em que tal acontecer a democracia e a justiça morrem.

Está nas mãos do juíz Carlos Alexandre decidir se o processo segue ou não para julgamento.