País

Ex-autarca da Covilhã absolvido dos crimes de prevaricação e peculato 

Durante o processo, Carlos Pinto foi afastado da vice-presidência do partido Aliança.  

O Tribunal de Castelo Branco absolveu esta terça-feira o ex-presidente da Câmara da Covilhã dos crimes de prevaricação, participação em negócio e peculato.

Em causa estava a alegada construção ilegal de uma casa de família e o pagamento de pareceres jurídicos com dinheiros da autarquia.