País

Polícia apresenta queixa contra "incitamento ao ódio e à violência"

Um dos suspeitos que exibiu cartaz no Porto já foi identificado.

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP) apresentou queixa no Ministério Público contra alguns dos que se manifestaram contra o racismo no sábado.

Em causa estão alguns cartazes exibidos que a polícia entende que promovem o ódio. Um dos suspeitos já foi identificado.

Polícias esperam que sejam identificados todos os que exibiram cartazes de "incitação ao ódio"

Desconhecendo se foram atos isolados ou concertados, a ASPP opta por remeter o caso para a justiça, no pressuposto de que estas palavras promovem o ódio contra a polícia.

Veja também: