País

Polícias esperam que sejam identificados todos os que exibiram cartazes de "incitação ao ódio"

Os cartazes foram usados em protesto contra o racismo.

A Associação Sindical dos Profissionais de Polícia (ASPP) está indignada com alguns cartazes erguidos nas manifestações anti-racismo, de sábado e vai apresentar queixa no Ministério Público.

As redes sociais, sujeitas à manipulação e ampliação de fenómenos episódicos, multiplicou o visionamento destes cartazes.

Desconhecendo se foram atos isolados ou concertados, a ASPP opta por remeter o caso para a justiça, no pressuposto de que estas palavras promovem o ódio contra a polícia.

Veja também:

  • 14:18
  • 2:34