País

"O orçamento verdadeiramente díficil de executar" está nas mãos de João Leão

O comentário de José Gomes Ferreira à demissão de Mário como ministro das Finanças.

O Governo anunciou esta terça-feira a demissão de Mário Centeno, da pasta das Finanças, que será substituído por João Leão. José Gomes Ferreira considera que é o "fim de um ciclo em que houve estabilidade política" e acrescenta que o sucessor de Centeno terá em mãos um "orçamento verdadeiramente difícil de executar", uma vez que o Estado terá "muito menos receita e muito mais despesa".

Veja também:


  • 2:34
  • 49:03