País

Estrangeiro detido em Lisboa pelo crime de tráfico de pessoas

Lusa

A investigação do SEF teve início em março deste ano, com a detenção no Aeroporto de Lisboa de um outro cidadão estrangeiro.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou esta quarta-feira a detenção, na área da Grande Lisboa, de um estrangeiro indiciado por crimes de tráfico de pessoas, auxílio à imigração ilegal e falsificação de documentos, que ficou em prisão preventiva.

O homem, que foi detido na segunda-feira, "usava Portugal como suposta 'plataforma logística' de uma alegada associação criminosa com ramificações a outros países e que se dedicava ao transporte e exploração de pessoas oriundas de países africanos, com destino à Europa via Portugal", adianta o SEF, num comunicado enviado à agência Lusa.

A investigação do SEF teve início em março deste ano, com a detenção no Aeroporto de Lisboa de um outro cidadão estrangeiro que tentava transportar um menor desde Luanda para Cabo Verde, encontrando-se também detido com a medida de coação de prisão preventiva.

O menor "está sinalizado como vítima do alegado crime de tráfico de pessoas, encontrando-se devidamente acolhido e protegido", adianta a nota.

Ao longo dos últimos anos, esta alegada associação criminosa terá feito chegar à Europa um número significativo de menores, afirma o SEF.