País

Um bombeiro ferido em incêndio no Algarve que está a mobilizar mais de 200 operacionais

Incêndio está ativo numa zona florestal em São Marcos da Serra.

A dificuldade no acesso a algumas zonas de mato, em São Marcos da Serra, dificultaram o trabalho das corporações, um bombeiro ficou ferido com queimaduras nas pernas.

O fumo intenso, a proximidade das chamas e a rapidez com que o fogo evoluia fez com que a GNR aconselhasse os moradores a saírem.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Algarve "há meios a caminhos", numa estratégia concertada para um combate inicial enérgico, numa tarefa que "não se está a revelar fácil".

40 CONCELHOS EM RISCO MÁXIMO DE INCÊNDIO


Cerca de 40 concelhos de oito distritos do interior norte e centro e do Algarve - Faro, Portalegre, Santarém, Castelo Branco, Guarda, Viseu, Vila Real e Bragança - apresentavam esta segunda-feira um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, pelo menos até ao final da semana vai manter-se o risco de incêndio máximo e muito elevado em vários concelhos do continente por causa do tempo quente.

  • 0:57