País

Casos de violência nas famílias aumentaram 20% no confinamento 

Muitas crianças e idosos entre as vítimas.  

No período de confinamento, os casos de violência no seio familiar aumentaram de 20 a 25%.

O número foi adiantado esta terça-feira pela ministra da Justiça, que antecipa que no final do ano os tribunais possam ficar sobrecarregados com processos na área do trabalho e das insolvências, em consequência da pandemia do novo coronavírus.

Francisca Van Dunem não acredita que, por enquanto, se justifique encurtar as férias judiciais. Em setembro, vai marcar reuniões com os conselhos superiores da magistratura e do Ministério Público para aumentar a resposta dos tribunais com maior sobrecarga de processos.