País

Processo EDP. Ex-secretário de Estado da Energia Artur Trindade começou a ser interrogado 

Artur Trindade

Lusa

É suspeito de corrupção passiva por ter alegadamente beneficiado a empresa quando estava no Governo de Passos Coelho.

O ex-secretário de Estado da Energia, Artur Trindade, começou esta sexta-feira a ser interrogado no processo EDP.

O antigo governante é suspeito de corrupção passiva por ter alegadamente beneficiado a empresa quando estava no Governo de Passos Coelho.

O Ministério Público acredita que, como contrapartida, o pai passou a exercer um cargo na EDP e o próprio acabou depois por ser contratado para o Operador do Mercado Ibérico de Eletricidade.

Artur Trindade respondeu durante quatro horas às perguntas do juiz e vai continuar a ser interrogado em data a anunciar.

Ao que a SIC apurou, o Ministério Público vai propor a suspensão de funções ou o pagamento de uma caução para o antigo secretário de Estado.