País

Detidos os suspeitos dos fogos do Gerês e da Covilhã

Filipe Barbosa

Filipe Barbosa

Repórter de Imagem

Um dos suspeitos é bombeiro.

A polícia judiciária deteve dois suspeitos dos incêndios no Parque Nacional Peneda Gerês, ocorrido a 4 de agosto, e na Erada, freguesia do concelho da Covilhã, que deflagrou a 16 de julho.

No primeiro caso trata-se de uma mulher de 57 anos, doméstica, residente em Terras de Bouro, no caso do fogo na Covilhã o suspeito é um jovem bombeiro, voluntário da secção de bombeiros do Paul.

Ambos se encontram em prisão domiciliária.

Área ardida

Segundo a PJ, o incêndio consumiu cerca de dois hectares de vegetação herbácea, mato e arvoredo, "não tendo atingido maiores proporções devido à rápida intervenção dos bombeiros".

  • 15:42