País

Peregrinação a Fátima dedicada aos emigrantes. Igreja lembra que segregar não é ato cristão

A mensagem é transmitida numa altura em que ecoam na sociedade portuguesa sinais de intolerância.

Este é o mês da diáspora em Fátima e esta quarta-feira à noite, a Igreja lembrou que segregar os estrangeiros não é um sentimento cristão.

O presidente da celebração ergueu a voz na noite de Fátima para dar luz à contingência das migrações e lembra o drama de Cabo Delgado, no Norte de Moçambique, com 250 mil deslocados em fuga por causa dos combates armados.

  • 14:18
  • 2:34