País

DGS conclui primeiro parecer para a Festa do Avante 

Graça Freitas fala em "evento complexo" 

A Direção-Geral da Saúde anunciou esta quarta-feira que já concluiu um primeiro parecer sobre a Festa do Avante.

"Num único evento há vários setores diferentes. Ao setor dos restaurantes aplicam-se as regras da restauração. No setor dos espetáculos aplicam-se as regras de outros espetáculos. É por isso que este evento é complexo", afirmou Graça Freitas, na conferência de imprensa sobre a situação epidemiológica no país.

Graça Freitas confirma que o PCP recebeu um conjunto de orientações que deve aplicar no decorrer da iniciativa. Cabe agora ao partido decidir se quer ou não divulgar o documento.

Tribunal do Seixal não vai decidir sobre providência para impedir Avante!

O Tribunal Cível do Seixal não vai decidir sobre a Providência Cautelar para impedir a realização da Festa do Avante. O juiz remeteu o processo para Lisboa, onde fica a sede do PCP.

A decisão fica assim adiada. Como o caso não é de urgência imediata, o PCP deverá ser notificado para defesa antes da decisão do novo juiz, a quem for distribuído o processo.