País

Estado atribuiu mais 17 mil novas pensões

Desde 2017 não eram atribuídas tantas pensões nos primeiros sete meses do ano.

O número de reformas concedidas a trabalhadores do Estado aumentou 27% até julho.

Os dados da Direção Geral do Orçamento, revelados pelos Jornal de Negócios, confirmam que nos primeiros sete meses do ano, a Caixa Geral de Aposentações atribuiu mais de 17.258 novas pensões, o valor mais alto desde 2017.

As pensões de velhice tiveram a subida mais acentuada, de 53%.

As estatísticas oficiais foram interrompidas por causa da pandemia da Covid-19, e deverão ser publicadas em setembro.