País

"Não alinho com a opinião de que a Festa do Avante! não se deveria realizar"

José Miguel Júdice considera as regras da DGS para o evento equilibradas e sensatas.

José Miguel Júdice considera as regras da Direção-Geral da Saúde para a realização da Festa do Avante! equilibradas e sensatas.

No habitual espaço semanal de comentário na Edição da Noite, "As Causas", Júdice considerou ainda que o único problema do evento reside em saber se o Partido Comunista Português é ou não capaz de cumprir as normas.

O comentador da SIC também abordou a auditoria ao Novo Banco. Júdice considera que o Banco Central tinha esperança que a situação melhorasse e que, assim, adiou uma parte do problema.

Veja abaixo na íntegra "As Causas" de José Miguel Júdice desta semana: