País

Sapador florestal detido por suspeitas de matar homem durante exercício de caça furtiva

Tiago Henrique Marques / Lusa

Vítima era um homem com 59 anos.

Um sapador florestal, de 45 anos, foi detido por suspeita de matar um homem, de 59 anos, durante um exercício de caça furtiva em Mondim de Basto, anunciou esta terça-feira a Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real.

Em comunicado, a PJ revelou que os factos ocorreram na segunda-feira, pelas 21:30, na localidade de Bilhó, concelho de Mondim de Basto, distrito de Vila Real, quando "o arguido, no exercício de caça furtiva, efetuou disparos com arma de fogo que atingiram a vítima, um homem com 59 anos, provocando-lhe a morte".

O suspeito foi detido pelo Departamento de Investigação Criminal da PJ de Vila Real pela "presumível autoria do crime de homicídio".

O arguido vai ser presente às autoridades Judiciárias competentes, para realização de interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação, tidas por adequadas, acrescenta a nota.

  • Covid-19. Conselho de Ministros anuncia hoje novas medidas

    Coronavírus

    Portugal resgista este sábado um novo máximo de internados em cuidados intensivos. O Conselho de Ministros está reunido e vai decretar "ações imediatas" de controlo da pandemia. O recolher obrigatório é uma das propostas do Governo. Os EUA continuam a ser o país mais afetado pela Covid-19. No Mundo há registo de mais de 45 milhões de infetados e 1,1 milhões de mortos.

    Ao Minuto

    SIC Notícias