País

Produtores de fruta tentam fugir a intermediários na venda

Paulo Gabriel

Paulo Gabriel

Repórter de Imagem

A pandemia teve impacto na agricultura e o clima também não ajudou algumas culturas.

Os produtores de fruta estão a fugir aos intermediários e a apostar na venda direta aos consumidores para minimizar as perdas. Na campanha da maçã que já começou na Guarda, o recurso a mão-de-obra estrangeira é outro dos sinais de um ano atípico.

O clima ditou quebras de 50 ou 60% na produção de fruta na região da Guarda. O Grupo Tavfer tem apostado na venda direta ao consumidor para minimizar danos comerciais.

  • Dentro do coração
    4:23

    Futuro Hoje

    Há 7 anos no Futuro Hoje mostrámos pela primeira vez um pacemaker que se instala dentro do coração. Em Portugal há muitas pessoas a quem este aparelho salvou a vida. Só o Dr. Diogo Cavaco, cardiologista que introduziu esta técnica no país, já instalou mais de cem aparelhos destes.