País

Confederações de pais concordam com fecho das escolas apenas com "elevado risco" de contágio

Rita Rogado

Rita Rogado

Jornalista

Pedro Santos

Pedro Santos

Editor de Imagem

Documento da Direção-Geral da Saúde prevê que os estabelecimentos de ensino encerrem apenas com o risco de contágio elevado. Os últimos pormenores vão ser publicados na próxima semana.

O Governo ainda está a preparar os últimos pormenores das regras para as escolas durante a pandemia. A cerca de uma semana do início das aulas, foram publicadas algumas obrigações.

Dois casos de Covid-19 num estabelecimento de ensino é considerado surto. A atuação deve ser imediata nessa situação, com o rastreio de quem esteve em contacto com os casos positivos, nas 12 horas seguintes.

A avaliação do risco de contágio deve ser feita caso a caso, mas o manual prevê o possível encarramento de turmas e de várias zonas da escola. Prevê também o encerramento da escola apenas em último caso, com risco elevado de contágio da Covid-19.

As Confederações de pais são a favor da medida, uma vez que consideram fundamental para os alunos o ensino presencial.

Já a Fenprof considera que não há condições de segurança para as aulas presenciais e pede medidas que minimizem o risco de contágio.

  • 15:42