País

CP instaura processo disciplinar a revisor que terá comentado decote de passageira

Jovem fez queixa-crime por assédio.

A CP instaurou um Processo Disciplinar a um revisor por conduta inadequada. A ação da empresa surge na sequência de um incidente relatado por uma cliente, na passada sexta feira a bordo de um comboio regional com destino a Tomar.

A passageira disse que foi alvo de abuso verbal por parte do funcionário da CP.

A empresa emitiu um comunicado onde pede desculpa aos clientes e diz nao se rever no incidente relatado.

A alegada vítima partilhou um vídeo na rede social Instagram onde partilha uma conversa com o revisor, onde o mesmo afirma que "há normas para viajar de tranporte público" e acusa a passageira de andar "a provocar os homens todos".

A cliente da CP referiu que o revisor a tratou dessa forma porque estava a usar um vestido.