País

Antigo presidente do Tribunal da Relação de Lisboa investigado pelo Ministério Público

Em causa está a alegada cedência gratuita do salão nobre do Tribunal.

O inquérito crime contra Orlando Nascimento surge na sequência do inquérito disciplinar ao antigo presidente da Relação.

De acordo com o jornal Público, as suspeitas de abuso de poder foram enviadas para o Ministério Público pelo inspetor que conduz o caso no Conselho Superior da Magistratura.

Em causa está a cedência do salão nobre do Tribunal a Luís Vaz das Neves, antecessor de Orlando Nascimento.