País

Pela primeira vez há mulheres e uma criança entre os migrantes que desembarcaram em Faro

Este foi o sexto desembarque clandestino detetado no Algarve desde dezembro.

Vinte e oito migrantes, ao que tudo indica marroquinos, desembarcaram clandestinamente, durante a tarde desta terça-feira, na ilha deserta, em Faro.

Não tinham sinais de debilidade física e pela primeira vez vieram também mulheres e uma criança.

Os migrantes foram encaminhados para o Porto Comercial de Faro, onde os aguardava um autocarro, para os levar até instalações da Proteção Civil, em Quarteira.

Lá serão sujeitos a testes à covid-19 e entregues ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, que deverá depois encaminhar o processo para tribunal.

Este foi o sexto desembarque clandestino detetado no Algarve, desde dezembro. No total, 97 migrantes entraram desta forma em território nacional nos últimos nove meses.

  • 1:41