País

Afirmação sobre "vista maravilhosa" do Bairro Amarelo surgiu "descontextualizada", diz autarca de Almada

Inês de Medeiros, em entrevista à SIC Notícias, explica o contexto em que disse que "amanhã iria viver para o Bairro Amarelo, com aquela vista maravilhosa."

A presidente da Câmara de Almada, Inês de Medeiros, disse na terça-feira que estaria disposta a ir viver para um dos bairros sociais do concelho, o Bairro Amarelo, perto da Costa de Caparica, pela "vista maravilhosa".

Em entrevista à SIC Notícias defende-se dizendo que a afirmação não pode ser vista sem contexto e que "quem trouxe a questão das vistas bonitas foi o Bloco de Esquerda".

A presidente da Câmara de Almada considera ainda que se tivesse de fazer algum pedido de desculpas seria aos moradores do Bairro Amarelo e não à oposição.

"Pedir desculpa de quê? (...) Qualquer pedido de desculpa a fazer seria aos habitantes do bairro."

Já esses mesmos moradores queixam-se da falta de condições das habitações, apesar da vista que têm sobre Lisboa.

A SIC passou a tarde desta quarta-feira no Bairro Amarelo, onde muitos moradores se riram quando pensaram na possibilidade de ter Inês de Medeiros como vizinha.

Veja aqui a reportagem.