País

Medicamento Tafixyl indisponível no mercado até ao final do ano

Um antifibrinolítico, indicado no tratamento da hiperfibrinólise primária ou fibrinogenólise.

O Tafixyl, o único medicamento contendo ácido tranexâmico para administração oral disponível em Portugal, vai estar indisponível no mercado até ao final do ano, anunciou a Autoridade Nacional do Medicamento.

Em comunicado, o Infarmed adianta que "o Tafixyl, comprimido revestido por película, 500 mg está em rutura de stock" desde a passada quinta-feira "até finais de dezembro".

"Este medicamento é um antifibrinolítico, indicado no tratamento da hiperfibrinólise primária ou fibrinogenólise com hemorragia ou risco de hemorragia, fibrinólise secundária e angioedema hereditário", refere a autoridade do medicamento.

Na maioria das situações, e de acordo com a evidência científica disponível, os medicamentos contendo ácido aminocapróico, pó para solução oral, 3000 mg poderão ser considerados uma alternativa terapêutica.

"Para os doentes que apresentem intolerância ao ácido aminocapróico, os prescritores poderão considerar a possibilidade de prescrever o medicamento Tafixyl, uma vez que o titular de autorização de introdução no mercado (Pharma Bavaria Internacional (PBI) Portugal, Unipessoal Lda.) dispõe de um stock de emergência limitado para estas situações", salienta o Infarmed.

Sublinha ainda que "é essencial" que os médicos e os farmacêuticos façam uma gestão criteriosa desta utilização para garantir o acesso ao medicamento aos doentes que não disponham de alternativas

"Qualquer alteração de tratamento deve ser previamente avaliada pelo médico", aconselha.

As farmácias que recebam prescrições deste medicamento podem encomendar o medicamento através do e-mail [email protected] ou através do telefone: +351 914 909 029.