País

"Só vejo intenções". Bastonário da Ordem dos Médicos critica Governo 

Ordem recusa que homenagem do Presidente da República seja extensível a toda a classe profissional. 

A Ordem dos Médicos e alguns sindicatos que representam enfermeiros e médicos acusam o Governo de não investir o suficiente nos profissionais de saúde.

A ordem que representa 57 mil médicos recusa que a homenagem do Presidente da República aos quatro profissionais que trataram do primeiro caso de covid-19 no país seja extensível a toda a classe profissional.

Quanto ao Governo, o bastonário mantém as críticas sobre a falta de reforço da capacidade de resposta para o Serviço Nacional de Saúde.