País

Mau tempo veio para ficar. Tempestade Epsilon poderá atingir Portugal no fim do mês  

PAULO NOVAIS

Neste momento está a nordeste das Bahamas com ventos de 140 km/hora.

Depois da passagem da depressão Bárbara, o território português terá dois ou três dias de "bom tempo", mas no fim de semana, mais concretamente no domingo, é esperada uma nova depressão, avisa o climatologista Mário Marques. Deverá provocar agitação marítima sobretudo a Norte.

O climatologista explica que o país será afetado por chuvas fortes e persistentes, que poderão originar "inundações rápidas".

Tempestade Epsilon vai passar pela Europa Ocidental

Mário Marques diz que para o fim do mês é esperada a tempestade Epsilon que poderá circular a oeste dos Açores e atingir a Europa Ocidental. Neste momento, a Epsilon encontra-se a sudeste das Bahamas e regista ventos na ordem dos 140 quilómetros por hora.

Depressão Bárbara: registadas mais de mil ocorrências

Foram registadas mais de mil ocorrências em todo o país, esta terça-feira, devido à depressão Bárbara. Oito distritos estiveram sob aviso vermelho. Os mais afetados foram Faro, com 238 ocorrências, e Setúbal, com 155. Apesar dos danos, não há registo de vítimas.

A Proteção Civil contabilizou 1.016 ocorrências em Portugal continental entre as 00:00 e as 23:47 de terça-feira, provocadas pela passagem da depressão Bárbara, um dia assinalado por várias inundações devido à chuva intensa.

De acordo com fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), entre as 00:00 e as 23:47 de terça-feira foram registadas 1.016 ocorrências em todo o território continental, das quais 238 aconteceram no distrito de Faro, o mais afetado pelo mau tempo.