País

Eleições nos Açores. PS ganha eleições sem garantia de maioria absoluta

EDUARDO COSTA

Segundo a projeção à boca das urnas realizada pela Universidade Católica para a RTP.

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada hoje pela Universidade Católica para a RTP.

Com esta percentagem, o PS pode eleger entre 26 e 30 dos 57 deputados do parlamento dos Açores, segundo a projeção divulgada pela RTP pelas 19:00 nos Açores (20:00 em Lisboa).

O PSD fica entre 32% e 36% dos votos, elegendo 19 a 22 deputados, e o CDS-PP obtém entre 3% e 6% dos votos e pode eleger um a três deputados.

A mesma projeção indica que o Chega consegue 3% a 6% dos votos, com um a três deputados, e que o BE obtém entre 2% e 5%, com um ou dois deputados.

O PAN arrecada entre 2% e 3%, a CDU entre 1% e 2%, a IL entre 1% e 2%, e o PPM entre 1% e 2%, podendo eleger, cada um, pelo menos um deputado.

A projeção à boca das urnas realizada hoje pela Universidade Católica para a RTP aponta para uma abstenção entre 52% e 58%.

As legislativas dos Açores decorreram com 13 forças políticas candidatas aos 57 lugares da Assembleia Legislativa Regional: PS, PSD, CDS-PP, BE, CDU, PPM, Iniciativa Liberal, Livre, PAN, Chega, Aliança, MPT e PCTP/MRPP. Estavam inscritos para votar 228.999 eleitores.

No arquipélago, onde o PS governa há 24 anos, existe um círculo por cada uma das nove ilhas e um círculo de compensação, que reúne os votos não aproveitados para a eleição de parlamentares nos círculos de ilha.

PS fala em "grande vitória" mas com vários cenários em aberto

O diretor de campanha do PS/Açores para as eleições de hoje, Francisco César, comentou a projeção da Universidade Católica para a RTP, dizendo que existem cenários em aberto mas já se pode falar numa "grande vitória" socialista.

A projeção permite três cenários, reconheceu Francisco César, numa declaração aos jornalistas: uma vitória por maioria absoluta do PS, uma vitória por maioria relativa e inclusive uma maioria de direita.

De todo o modo, prosseguiu, os dados "permitem tirar uma conclusão", que esta é "uma grande vitória do PS".

"Aguardamos com confiança e serenidade [os resultados oficiais] . É assim que funciona a noite eleitoral e deve funcionar a democracia", declarou ainda o socialista.

Francisco César, que falava no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, onde o PS segue este domingo o resultado do sufrágio, saudou ainda as "centenas" de candidatos e todos os açorianos que participaram no ato eleitoral.

  • O primeiro dia de Web Summit 

    Web Summit

    Acompanhe aqui as palestras do palco principal. Neste primeiro dia, passam pelo palco nomes como Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit, o primeiro-ministro António Costa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou a atriz Gwyneth Paltrow.

    Em Direto

    SIC Notícias