País

PS vence sem maioria absoluta nos Açores

ANDRÉ KOSTERS/ LUSA

Vasco Cordeiro terá uma "tarefa mais complexa para constituir governo", considera Carlos César.

O presidente do PS, Carlos César, considerou hoje que o líder dos socialistas na região, Vasco Cordeiro, terá, com os resultados das eleições de domingo, uma "tarefa mais complexa para constituir governo".

"O PS voltou a conseguir uma vitória nas eleições nos Açores! Desta vez, a sétima consecutiva, sem maioria absoluta. Vasco Cordeiro vai ter uma tarefa mais complexa para constituir governo. Mas temos que manter a bandeira no ar! E aprender com os resultados", declarou o socialista, também antigo presidente do Governo dos Açores.

César comentou os resultados eleitorais numa publicação na sua conta de Facebook.

Sem maioria absoluta nos Açores pela primeira vez em 20 anos, o PS terá agora de negociar com as seis restantes forças políticas com assento no parlamento regional, onde chegaram pela primeira vez Chega, Iniciativa Liberal e PAN.

Direita conquista maioria no Parlamento açoriano

No Parlamento açoriano, a direita tem agora mais deputados do que a esquerda.

O Chega conseguiu eleger dois deputados, mas diz que não se junta ao PSD. Os sociais-democratas conseguiram mais votos do que há quatro anos. Não avançam cenários, mas não excluem ninguém do diálogo.

Após a vitória, o líder do PSD falou em mudança histórica.

Chega, Iniciativa Liberal e PAN conseguem eleger

De acordo com os resultados provisórios divulgados pela Direção Regional de Organização e Administração Pública (DROAP), o PS alcançou 39,13% (40.701 votos) e 25 deputados.

O PSD, com 33,74% (35.091 votos), garantiu 21 mandatos, seguido pelo CDS-PP com 5,51% (5.734 votos), que elegeu três deputados, além de um parlamentar em coligação com o PPM (115 votos).

O Chega teve 5,06% (5.260 votos) e elegeu dois deputados, tal como o BE, que alcançou 3,81% (3.962 votos).

O PPM obteve 2,34% (2.431 votos) e elegeu um deputado, além de um outro eleito em coligação com o CDS-PP.

A Iniciativa Liberal conseguiu 1,93% (2.012 votos) e elegeu um deputado, assim como o PAN, que teve percentagem idêntica e apenas menos oito votos.

  • O primeiro dia de Web Summit 

    Web Summit

    Acompanhe aqui as palestras do palco principal. Neste primeiro dia, passam pelo palco nomes como Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit, o primeiro-ministro António Costa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou a atriz Gwyneth Paltrow.

    Em Direto

    SIC Notícias