País

Ordem dos Enfermeiros preocupada com recrutamento por países europeus

Uma enfermeira a prestar cuidados a um paciente com covid-19 em Telavive, Israel.

Ronen Zvulun

Pede ao Governo mecanismos de fixação.

Têm aumentado os pedidos de recrutamento de enfermeiros portugueses para outros países europeus.

A Ordem dos Enfermeiros está preocupada com esta situação e pede ao Governo que encontre mecanismos para a fixação destes profissionais de saúde em Portugal. Sublinha que apesar do reconhecimento do papel dos enfermeiros na pandemia e apesar dos riscos a que estão sujeitos, não têm qualquer incentivo, subsídio de risco ou penosidade, nem remunerações dignas.

Em comunicado, a Ordem dá o exemplo de países como Espanha, Reino Unido, Alemanha e Holanda, que oferecem contratos anuais, transporte e alojamento gratuitos. Garante que de Espanha houve cinco contactos nos últimos dias com ofertas de 30 mil euros brutos anuais.