País

Marcelo presta homenagem aos combatentes

MANUEL DE ALMEIDA

Numa cerimónia em Belém.

O Presidente da República homenageou esta quarta-feira todos os combatentes de Portugal.

No dia em que se celebram os 102 anos do armistício da Primeira Guerra Mundial e os 46 anos do fim da guerra do Ultramar, Marcelo lembrou todos os combatentes, desde os fundadores da Nação, até aos que hoje, na pandemia, ajudam nos hospitais, nas escolas, nos lares e nas comunidades.

MANUEL DE ALMEIDA

Em Belém, onde colocou uma coroa de flores junto ao Monumento aos Combatentes do Ultramar, o Presidente sublinhou que as homenagens a estes heróis nunca são excessivas e que a deste ano pretende reparar a falta de respeito pela verdade.

Marcelo Rebelo de Sousa referia-se à vandalização, em Coimbra, no mês de setembro, de um monumento dedicado aos heróis do Ultramar.

Veja também:

  • Dentro do coração
    4:23

    Futuro Hoje

    Há 7 anos no Futuro Hoje mostrámos pela primeira vez um pacemaker que se instala dentro do coração. Em Portugal há muitas pessoas a quem este aparelho salvou a vida. Só o Dr. Diogo Cavaco, cardiologista que introduziu esta técnica no país, já instalou mais de cem aparelhos destes.