País

"Reforço de psicológos nos Centros de Saúde continua a não acontecer na medida que é necessário"

Bastonários dos Psicológos alerta para a necessidade de contratação de profissionais para os Centros de Saúde.

A pandemia virou vidas do avesso, trouxe incertezas quanto ao futuro e uma crise sem precedentes, não só na economia, mas também na saúde mental dos portugueses.

O Serviço Nacional de Saúde, um mês depois do registo do primeiro caso de covid-19, criou uma linha telefónica de apoio psicológico. Até agora recebeu mais de 47 mil chamadas e quase quatro mil foram de profissionais de saúde.

No entanto, Francisco Miranda Rodrigues considera que esta linha "não serve para tudo", por serem "intervenções muitos breves".

"Há muitos portugueses que precisam de apoio e que precisam de ser acompanhados. (...) E essas pessoas, ao nível do serviço público, não têm a capacidade de resposta mínima."

O Bastonário da Ordem dos Psicólogos, Francisco Miranda Rodrigues, alertou, em entrevista à SIC Notícias para a necessidade de contratar mais psicólogos para os centros de saúde.