País

Autorizado o recrutamento de 803 candidatos para curso de agentes da PSP

(Arquivo)

RODRIGO ANTUNES /LUSA

O Governo quer aumentar a capacidade da PSP com mil novos elementos por ano, entre 2020 e 2023.

O Governo autorizou o recrutamento de 803 candidatos para o curso de formação de agentes da PSP e determinou que a polícia abra uma nova reserva para a admissão até 1.200 candidatos para cursos a começar em 2021.

Num despacho do ministro da Administração Interna, publicado esta sexta-feira em Diário da República, é referido que as 1.200 novas vagas vão permitir colmatar o não preenchimento do total das vagas abertas este ano e cumprir "o desígnio de rejuvenescimento, de manutenção de elevados graus de prontidão e de eficácia operacional dos efetivos da PSP".

O ministro autorizou o recrutamento de 803 candidatos para o curso de agentes da PSP referente a 2020 e determinou que a Polícia abra de imediato uma nova reserva de recrutamento para a admissão de até 1.200 candidatos para cursos a iniciar em 2021.

É intenção do Governo aumentar a capacidade da PSP com mil novos elementos por ano, entre 2020 e 2023.

Na nova reserva de recrutamento para 2021, a PSP deverá reforçar as atuais estratégias de comunicação no sentido de promover a participação de candidatas, já que só 8% dos agente são mulheres.

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão